Notícias do Setor

Sabesp investe em projeto de usinas solares no interior de São Paulo

Sabesp investe em projeto de usinas solares no interior de São Paulo, Enzilimp

Companhia dá andamento ao programa de geração de energia e vai inaugurar usinas em mais quatro cidades do Estado

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) segue investindo pesado na instalação de usinas solares em cidades do interior paulista, com o objetivo de seguir investindo em ações voltadas à inovação, eficiência e sustentabilidade energética.

Após inaugurar, em fevereiro deste ano, a primeira usina solar do “Programa de Geração de Energia Fotovoltaica por Geração Distribuída”, no município de Orindiúva, a companhia realizará agora a implantação de mais quatro unidades solares nas cidades de Conchas, Pederneiras, Salto de Pirapora e São Manuel.

Sabesp investe em projeto de usinas solares no interior de São Paulo, Enzilimp

De acordo com a Sabesp, cada usina será instalada no entorno das ETEs (Estações de Tratamento de Esgoto) da companhia, totalizando uma potência instalada de 8 MW. As unidades já foram licitadas e aguardam apenas a finalização dos serviços de instalação de canteiro, manutenção e conservação da área.

Nestas localidades, a energia produzida vai gerar compensação de créditos no total de consumo de energia elétrica que a companhia utiliza em suas instalações operacionais de água e de esgoto.

Ao todo, o investimento nas quatro usinas fotovoltaicas será de R$ 30 milhões e a expectativa é iniciar a produção de energia em 2022, com a entrada em operação das unidades em Pederneiras e Conchas, seguida pelas usinas fotovoltaicas em São Manuel e Salto de Pirapora.

Detalhes do projeto
O “Programa de Geração de Energia Fotovoltaica por Geração Distribuída” conta com investimentos da ordem de R$ 245 milhões. O montante é financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e será usado na implantação de 33 usinas fotovoltaicas em áreas geridas pela Sabesp, em cidades do interior de São Paulo.

De acordo com a Sabesp, as usinas fotovoltaicas que forem instaladas produzirão energia elétrica de fonte limpa e sustentável, sem emissão de gases de efeito estufa e com baixo impacto ambiental, contribuindo para ampliar a produção de energia renovável e diversificar a matriz energética da Sabesp. A estimativa de energia gerada corresponde a 4,5% de toda a eletricidade consumida atualmente na companhia.

Fonte: Site Canal Solar