Características do floco biológico

A forma do floco biológico presente nos sistemas de tratamento afeta diretamente a taxa de sedimentação. É influenciada por diversos fatores, desde o tipo de homogeneização do local, toxicidade e características particulares de cada efluente, até a quantidade de alimento ou a predominância de organismos filamentosos.

Nessa etapa da análise, são observadas características, como forma, tamanho e densidade dos flocos. Os flocos ideais são compactos e arredondados, mas não muito globulares. Flocos biológicos grandes e delineados facilitam a etapa de decantação, obtendo-se dessa forma um efluente final clarificado, com baixa turbidez e de qualidade. A presença de flocos biológicos pequenos ou muitos dispersos pode resultar em um efluente com turbidez ou de difícil decantação.

Bons flocos biológicos

Característica do floco biológico
Característica do floco biológico